Categoria

Cursos

Categoria

Conheça as 7 principais etapas de um planejamento estratégico

Conhecer as principais etapas de planejamento estratégico possibilita o seu desdobramento em passos simples e objetivos. Assim, a definição de um norte se torna menos abstrata e os gestores encontrarão condições favoráveis para orientar o negócio. O problema é que muitos profissionais têm dúvidas sobre quais seriam e como conduzir essas fases. Com efeito, praticamente quaisquer resultados podem se ajustar às expectativas vagas e imprecisas de suas empresas. Neste artigo, você encontrará as 7 etapas indispensáveis para definir um posicionamento claro. A partir disso, os demais objetivos, metas e estratégias podem ser alinhados, pavimentando o caminho para o crescimento da organização. Continue lendo! O que é planejamento estratégico? Como o nome já sugere, trata-se de fixar uma posição em relação ao mercado: o ponto em que se pretende chegar, os passos necessários para atingir os fins e as situações que precisam ser criadas para proporcionar esses avanços. Em outras palavras,…

Entenda como aplicar a gestão por processos na sua empresa

Saber aproveitar todas as possibilidades de um negócio nem sempre é só uma questão de fazer o investimento certo ou criar o produto perfeito para o mercado. Ainda será necessário entender como a empresa lida com sua rotina e se organiza ao ponto de estar alinhada com os seus objetivos de curto, longo e médio prazos. De fato, existem diversos métodos para se estruturar, mas, definitivamente, utilizar a gestão por processos pode ser a chave para potencializar o desempenho e estabelecer um padrão de melhoria contínua. Neste texto, você entenderá os principais fundamentos dessa técnica. Continue a leitura! O que é gestão por processos? Antes de explicar o que é a gestão por processos, é importante entender o que é definido como um processo. Ele é o conjunto de atividades em sequência, que tem, entre suas características principais, a falta de limite de tempo. Sendo assim, ele pode durar por…

LEAN: saiba o que é e por que aprender agora

Toda empresa enfrenta um grande desafio: manter-se no mercado de forma competitiva. É preciso ter boas estratégias para perpetuar a qualidade da produção, a satisfação dos clientes e as margens financeiras atraentes. Para tanto, o Lean Manufacturing é de grande relevância. Também chamado de “sistema de produção enxuta”, ele consiste em um conjunto de políticas e práticas que permitem à empresa obter máxima qualidade no que é feito, reduzindo – ou até eliminando – desperdícios, erros recorrentes e imperfeições ao longo da produção. Nos tópicos seguintes, vamos esclarecer melhor o que é Lean Manufacturing, quais suas vantagens e como se aprofundar no tema. Continue a leitura com atenção! Saiba o que é Lean Manufacturing Você certamente conhece a Toyota, fabricante japonesa de carros. Ela é referência mundial pela resistência e qualidade dos seus veículos, além do prestígio da sua marca. Foi dentro dessa montadora, por volta da década de 1950,…

5 principais indicadores de qualidade para utilizar na sua empresa

Os indicadores de qualidade ou KPIs, como também são chamados, são métricas importantes para que uma empresa possa avaliar o desempenho de suas atividades. Eles auxiliam em vários aspectos relacionados ao sucesso, inclusive, a compreender os fatores que impedem o empreendimento de atingir os resultados desejados. Como existem vários indicadores disponíveis, é preciso que a empresa conheça bem quais são os seus processos de produção. Isso é importante porque a escolha de determinado indicador depende de alguns fatores internos, como a quantidade de funcionários, o tipo de produto/serviço e também sua forma de fabricação. Preparamos este post com o objetivo de mostrar os principais indicadores de qualidade utilizados pelas empresas. Boa leitura! Por que indicadores de qualidade são importantes? O termo KPI ou Key Performance Indicator, que em português significa indicador chave de desempenho, é o conjunto de medidas utilizadas no mundo dos negócios com a finalidade de avaliar se certos processos…

Mapeamento de processos: como fazer corretamente em sua empresa?

Iniciar e gerir um negócio envolve diversas capacidades. Entre elas, a escolha de colaboradores e de fornecedores, a maneira de atingir o público-alvo e, o mais importante, a organização do empreendimento. Por isso, quem é gestor deve contar com o mapeamento de processos de forma constante para identificar possíveis gargalos, quais pontos devem ser reforçados e o que precisa ser alterado, objetivando uma maior obtenção de lucro ao final do mês. Se você quer entender mais sobre o mapeamento de processos, continue a leitura e descubra como implementar essa prática na sua empresa. Confira! O que é mapeamento de processos? Como o próprio nome já diz, mapeamento de processos é a esquematização das informações da empresa com a intenção de visualizar toda a cadeia de produção, com foco na transformação dos insumos em produto, sempre visando à maximização dos recursos da organização. Esse processo compreende a geração de uma imagem…

5 melhores dicas para fazer uma gestão de processos eficiente

Para garantir a excelência, precisamos realizar uma adequada gestão de processos. Afinal, por meio dela, organizamos os recursos disponíveis para obter resultados dentro das expectativas, tirando os objetivos, as metas e as estratégias do papel. Além disso, o acompanhamento contínuo conduz à identificação de deficiências e à avaliação dos padrões utilizados. Há um componente de aprendizado com a experiência e a revisão periódica das medidas implementadas para garantir a melhoria contínua. Sendo assim, se você está preocupado com o desempenho da sua empresa e deseja aprimorar as inciativas em andamento, continue a leitura deste conteúdo e conheça 5 dicas para fazer uma gestão de processos eficiente! Entenda a importância da gestão de processos Quando uma empresa traça seus planos, com objetivos, metas e estratégias, temos o início de uma jornada que vai da elaboração de ideias abstratas à produção de resultados concretos. No meio de campo, está a gestão, responsável…

Mundo VUCA: o que é e qual a influência na gestão das organizações?

Você sabe o que significa viver em um mundo VUCA? O termo pode soar como algo novo, mas a verdade é que ele representa um cenário altamente complexo que as organizações vivem há décadas – e vão continuar vivendo de forma ainda mais intensa à medida que a tecnologia avança e as exigências do consumidor e do mercado se tornam mais pontuais e específicas. Neste artigo, vamos explicar o que é VUCA e como o conceito surgiu. Depois, vamos detalhar como essa compreensão afeta as empresas e como é possível contornar seus efeitos. Ficou interessado? Então continue a leitura! Entenda o que é mundo VUCA O termo VUCA nasceu do acrônimo das palavras em inglês Volatility, Uncertainty, Complexity e Ambiguity (em português: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade, respectivamente). O conceito foi empregado pelo U.S Army War College na década de 90 para explicar o mundo no cenário pós-Guerra Fria. Apesar do contexto militar, a expressão…

Entenda como criar indicadores inteligentes para seu negócio

Analisar e interpretar dados é uma ação fundamental para toda empresa – e é uma atividade que deve ser feita periodicamente, de modo a mensurar resultados. No entanto, para se obter sucesso com a análise, é preciso estabelecer indicadores inteligentes – ou KPI (Key Performance Indicator, ou Indicadores-Chave de Desempenho, em português) – para avaliação. É preciso que o levantamento das informações sejam relevantes para o negócio, para que seja possível traçar um plano de ação que foque nas soluções necessárias para a empresa. Isso garante um planejamento estratégico mais eficiente para que a organização possa se desenvolver e expandir dentro do prazo desejado. Neste artigo, aprofundaremos a importância de tais dados para a organização e explicar como definir indicadores para a empresa. Em seguida, apontaremos quais são as melhores ferramentas para coletar as informações relevantes para a inteligência de negócios. Ficou interessado? Então continue a leitura! Entenda a importância dos indicadores inteligentes Estudar as…

Conheça os 8 Fundamentos essenciais para uma gestão de excelência

Conhecer os 8 Fundamentos da Gestão de Excelência, que compõem o Modelo de Excelência da Gestão® (MEG), da FNQ, é um passo importante para promover melhorias e alcançar resultados mais satisfatórios na sua empresa. Trata-se de adotar pilares reconhecidos e praticados pelas melhores organizações do mundo. Isso ocorre porque, em ambientes voláteis, incertos, complexos e ambíguos, como o mercado atual, as bases do modelo de excelência da gestão são verdadeiros pontos de apoio para que a empresa mantenha o equilíbrio e concretize os objetivos organizacionais. Sendo assim, para que você entenda os 8 Fundamentos e consiga implementá-los no seu negócio, consultamos Marcos Bardagi, gerente de operações da FNQ, e preparamos este conteúdo especialmente para ajudar a sua empresa. Não deixe de conferir! A importância de uma gestão de excelência A consequência natural de se nortear pelos Fundamentos da Gestão de Excelência é a constatação de deficiências e ineficiências nas práticas internas, especialmente nos processos gerenciais. Trata-se de tomar…

Simplificação de processos: saiba como fazer e quais os benefícios

A simplificação de processos é uma estratégia relevante para manter a eficiência do negócio no longo prazo. Isso porque o aumento da complexidade das demandas, normalmente, reflete nas práticas internas, gerando burocracia e custos excessivos. Consequentemente, os gestores precisam identificar gargalos e buscar novas formas de atender aos requerimentos das partes interessadas. Isto é, de que maneira os processos podem sofrer mudanças para economizar recursos e gerar mais valor? A seguir, você encontrará referências seguras para realizar as alterações pertinentes e contar com ações mais eficientes no seu negócio. Não deixe de conferir! O que é simplificação de processos? A simplificação é a estratégia de otimização de processos pela redução das decisões, ações e etapas necessárias para se chegar a um objetivo. Um exemplo é o empoderamento do colaborador, em que as resoluções de problemas cotidianos são realizadas diretamente pelos funcionários, eliminando verdadeiras cadeias de decisões. Nesse sentido, as empresas precisam discriminar os pontos em que a complexidade é desnecessária ou excessiva,…