Em um mundo com uma população de quase 8 bilhões de pessoas, são diversas as culturas, cores, orientações sexuais e opiniões políticas. Mais do que isso, existe, ainda, uma infinidade de maneiras de pensamento e estilos de vida.

Por isso, quando essa diversidade se choca no ambiente empresarial, é papel do gestor efetivar uma cultura organizacional integrativa e que saiba aproveitar as diferenças de cada um.

Continue a leitura e veja como instituir 4 melhores práticas para lidar com a diversidade nas empresas.

1. Saiba a importância da diversidade nas empresas

A diversidade nas empresas não diz respeito apenas à inclusão de pessoas com diferentes estilos de vida, mas, também, compreende a alteração da cultura organizacional do estabelecimento.

Isso porque de nada adianta veicular que sua empresa promove o respeito e a integração se, durante o cotidiano de trabalho, os gestores são preconceituosos e realizam ou permitem “piadas” de mau gosto, cujo objeto seja o corpo feminino ou a orientação sexual de determinado colaborador, por exemplo.

O significado de diversidade nas empresas é integrar, em um só ambiente, pessoas que compartilham ideias e visões diferentes. Dessa união, surge um enriquecimento cultural gigante e que influencia positivamente na melhora dos resultados.

Para tanto, deve-se estabelecer um código de conduta que reflita os valores da empresa: pautando a cultura organizacional na diversidade, vários frutos positivos poderão ser colhidos.

2. Conheça os benefícios da diversidade no trabalho

A diversidade no trabalho tem relação direta com um ambiente mais inclusivo e, por isso, leve. Assim, a equipe passa a se tornar mais motivada justamente por se sentir bem no ambiente empresarial, alcançando resultados muito melhores.

Além disso, é possível conquistar soluções mais criativas e eficientes para os problemas do dia a dia. Imagine a seguinte situação: se toda a equipe for masculina, apresentar a mesma faixa etária e a formação universitária semelhante, qual a probabilidade de surgirem respostas diferentes para um problema?

Pois bem, a diversidade no trabalho garante a resolução de adversidades de maneira mais efetiva, considerando que, a partir de distintas vivências e experiências de vida, as pessoas conseguem enxergar o mesmo caso sob ângulos diferentes. Com isso, contratempos são mais facilmente resolvidos.

A diminuição de rotatividade da equipe também sofre influência a partir de um ambiente com características diversas. É preciso ter em mente que o funcionário precisa se sentir valorizado ou, ao menos, respeitado, para que continue a trabalhar na empresa de forma motivada: e a diversidade no trabalho também promove essa função.

Por fim, empresas que acolhem colaboradores de diferentes gêneros, idades, cores, ideia e estilos de vida sofrem com menos conflitos já que, a partir de sua própria cultura, a equipe aprende a respeitar as diferenças e a trabalhar com mais empatia.

3. Analise os desafios da liderança para gerenciar essa diversidade

É natural do ser humano, a partir da cultura em que está inserido e, principalmente, a partir de seu meio familiar e de amizade, apresentar conceitos pré-concebidos em relação a várias questões. Por isso, a liderança de uma empresa precisa ter em mente essa situação para, então, aprender a lidar com a diversidade no trabalho.

Também é importante mencionar que as pessoas mudam e isso não é uma característica ruim, pelo contrário. O homem, como animal racional, consegue avaliar uma situação e, mesmo que tenha recebido uma criação racista, por exemplo, aprender que o cometimento de atos discriminatórios contra negros é algo totalmente reprovável. Mais além, é um ato criminoso!

Por isso, os principais desafios da liderança para gerenciar essa diversidade dizem respeito a promover, de forma efetiva, a integração dos colaboradores, buscando implementar uma cultura positiva e harmoniosa no ambiente.

Essa tarefa tem início no processo de contratação de funcionários e continua durante todo o período em que o colaborador permanecer na empresa. Para tanto, mostre autoridade, seja um exemplo e promova práticas para auxiliar na construção de um ambiente multicultural.

4. Estabeleça práticas para lidar com a diversidade no ambiente de trabalho

É essencial determinar práticas para lidar com a diversidade na organização. Isso serve para auxiliar os próprios gestores e líderes em seu cotidiano e, mais além, para que os colaboradores saibam que existem premissas a serem respeitadas. Confira quais são elas.

Mensure a diversidade

Muito se fala em diversidade mas, na hora de analisar a real situação da empresa, quase sempre são encontradas equipes compostas por pessoas com as mesmas características.

Por isso, antes de implementar uma nova cultura em sua empresa, meça os números e analise como estão os níveis gerais de diversidade, justamente para saber quais ações devem ser promovidas.

Defina regras inclusivas na contratação

O departamento de Recursos Humanos, responsável pela tratativa com os colaboradores – no que se refere à sua contratação e ao auxílio durante o período de trabalho – opera a partir da cultura da instituição, ou seja, reproduz ordens e pensamentos dos gestores.

Assim, é essencial que sejam definidas regras mais amplas na composição da equipe. Em outras palavras, não exija regras discriminatórias: o importante a ser avaliado, em um currículo, é a experiência prévia de determinado aspirante a funcionário.

Deixe de lado as perguntas sobre orientação sexual, opinião política, faixa etária e sobre a existência de filhos, por exemplo. Foque na experiência profissional e nas habilidades do candidato.

Forneça treinamentos

Para que a diversidade seja incluída no cotidiano empresarial, constituindo uma realidade do estabelecimento, forneça treinamentos aos seus colaboradores. Além de temas acerca das habilidades específicas do negócio, a importância de contar com uma equipe composta por pessoas diferentes também deve ser pauta nessa capacitação.

Estabeleça penalidades

De nada adianta promover a diversidade nas empresas e fazer vista grossa para situações constrangedoras e desrespeitosas. Por isso, é essencial estipular penalidades para funcionários que transgredirem os termos de conduta.

Nesse momento, vale estabelecer advertências, multas e, até mesmo, suspensões para colaboradores que insistirem em atitudes discriminatórias. A reiteração desses atos pode incidir, inclusive, em demissão por justa causa.

Assim, saber a importância da diversidade nas empresas e implementá-la na cultura organizacional garante apenas benefícios para o ambiente de trabalho, refletindo na obtenção de melhores resultados – seja a partir da maior interação entre a equipe, seja pela realização de seu trabalho com mais motivação. Invista no respeito às diferenças e veja a transformação positiva!

O nosso artigo foi útil? Siga-nos nas redes sociais e saiba mais! Estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter e no YouTube.

Escreva um comentário

Share This