Para uma empresa funcionar com o melhor desempenho possível, é necessário buscar o devido alinhamento de toda a sistematização do negócio – e isso envolve diversos critérios, que têm início na cadeia de produção e finalizam com a satisfação e fidelização da clientela.

No entanto, uma gestão de excelência é que faz todo esse processo seguir o seu rumo sem descarrilhar. Ao contrário do que muitos pensam, não são as inovações que determinam o sucesso do empreendimento, já que essa responsabilidade cabe a uma liderança transformadora.

Entenda, a seguir, como uma gestão de excelência influencia a organização e saiba tirar o máximo de proveito dessa forma de atuar.

Por que a gestão para excelência é importante?

A gestão de excelência de uma empresa compreende um sistema de princípios e valores, que tem como base a visão sistêmica da organização. Ou seja, o empreendimento é analisado sob a perspectiva de um corpo que precisa do devido funcionamento de todos os seus órgãos para alcançar a sua performance máxima.

Para tanto, um comando central de qualidade deve existir para orientar todo esse quadro interligado. Na vida de uma empresa, essa gerência precisa ser exercida, justamente, por meio de uma gestão de excelência.

A sua importância se dá para que, a partir dos objetivos traçados para o negócio, obtenha-se o resultado almejado. Assim, uma análise da companhia é realizada para, então, definir o seu conjunto de missão, valores e visão, com a finalidade de alcançar o público-alvo e garantir maior retorno financeiro.

Em outras palavras, é necessário alinhar a cultura organizacional da companhia à busca pela obtenção de lucro, fazendo com que o empreendimento se destaque entre a concorrência e garanta o seu sucesso no mundo dos negócios: tudo isso apenas é possível a partir de uma gestão de excelência.

Quais os segredos das empresas que alcançaram uma gestão de excelência?

É importante ter em mente que o alcance de uma gestão de excelência é um processo contínuo, ou seja, ele não tem ponto final depois de um certo período. Ele funciona, sim, a partir da constante análise do andamento da empresa e da relação com os seus objetivos. Por isso, o primeiro segredo para alcançar a gestão de excelência é atuar com consciência sobre o devido funcionamento da organização.

Posteriormente, surgem alguns pontos que devem ser colocados em observação, quais sejam: o tipo de liderança, o compromisso com os clientes, o desenvolvimento de forma sustentável, a definição de procedimentos adequados, a apresentação de flexibilidade e a geração de valor.

Todos esses fatores, em conjunto, formam um cenário propício para uma atuação de qualidade, independentemente do ramo escolhido. Em resumo, para alcançar uma gestão de excelência, a companhia precisa contar com um gestor de visão, que entenda a importância de colocar sob foco todo o processo de serviço e não apenas, a obtenção de lucro ao final do mês.

Como aplicar essa gestão na sua empresa?

Existem alguns macetes que auxiliam na aplicação desse modelo de gestão em sua empresa. Vale ressaltar que essa tarefa não é simples, já que ela despende tempo e energia. Contudo, os seus benefícios são extremamente positivos e agregam muito valor à companhia.

Confira, a seguir, como aplicar uma gestão de excelência.

Identifique o seu modelo de negócio

Cada companhia funciona a partir de elementos e metodologias, que podem ou não ser coincidentes a outros estabelecimentos. Apenas a partir dessa visualização, torna-se possível a busca por ferramentas mais adequadas na hora de implementar uma gestão de excelência.

Esse item é essencial para que o próximo passo seja cumprido com eficiência: ele funciona, basicamente, como a organização da casa antes de iniciar a faxina. Ou seja, é o passo básico para a busca de uma transformação efetiva no dia a dia da companhia.

Realize um planejamento

A realização de um planejamento é premissa básica na vida de todo e qualquer empreendedor, justamente para que o caminho mais acertado seja traçado a partir da definição de um objetivo final.

Por isso, avalie a missão da companhia, quais são os seus valores e qual é a sua meta para, então, elaborar um planejamento estratégico. Integre as informações, organize o cotidiano de trabalho e determine os processos mais adequados para transformar os recursos disponíveis em lucro ao final do mês.

Forme líderes

Formar líderes e delegar tarefas é essencial para quem deseja alcançar uma gestão de excelência: já pensou em reunir todas as tomadas de decisão na pessoa do gestor, nos mais diferentes níveis de atuação da empresa? Pois bem, isso torna os processos extremamente burocráticos e, de quebra, apenas estressa o responsável pelo negócio.

Por isso, identifique talentos e invista na capacitação desses profissionais. Seja um exemplo de gestor, pois isso influencia na realização do trabalho pelos colaboradores, e conte com funcionários habilidosos nos cargos de liderança.

Envolva os colaboradores

Essa questão relaciona-se ao tipo de motivação que cada funcionário tem ao trabalhar na empresa. Ela pode ser racional ou emocional, de modo que a primeira pode ser exemplificada pela busca de dinheiro, para pagar as contas, enquanto a motivação emocional faz com que o colaborador sinta-se parte do time.

Por isso, envolver o quadro de pessoal demonstra que os profissionais são valorizados, estimulando a equipe a sentir-se integrada e essencial ao negócio. Isso motiva os colaboradores e, de quebra, auxilia na transformação de gestão.

Analise os resultados

Avaliar os resultados é importante para verificar se a busca por uma gestão de excelência está no caminho certo, ou seja, funciona como um feedback da própria alteração de sistema empresarial. Analise os procedimentos e verifique se algo precisa ser reforçado ou alterado.

Como essa aplicação pode beneficiar sua empresa?

Como a busca por uma gestão de excelência implica a análise do negócio a partir de uma visão sistêmica, o seu benefício também age por completo, em todos os setores da organização.

De início, essa aplicação proporciona a própria análise da companhia, verificando os seus índices, processos e resultados. Os colaboradores são envolvidos, os líderes são devidamente capacitados e, com isso, é possível obter uma maior cooperação entre o quadro de pessoal.

Como tudo está amarrado, a cultura organizacional do estabelecimento torna-se mais elaborada e eficiente e o cliente sente toda essa transformação, fidelizando-se ao serviço oferecido. Ao final, todas essas questões convergem para o objetivo de todo e qualquer executivo: a obtenção de maior lucro.

Assim, depois de desvendados os segredos das empresas com uma gestão de excelência, não há mais desculpas para deixar para depois a implementação dessa cultura em sua companhia. Entenda a sua importância, verifique como aplicá-la e obtenha apenas resultados positivos!

Gostou do nosso artigo? Veja, agora, como o fortalecimento da cultura organizacional nas empresas impacta o cotidiano do estabelecimento e compreenda o seu valor.

*Colaboração de Jairo Martins

Escreva um comentário

Share This