Assim como a gestão de riscos, a análise da burocracia em uma empresa e a busca por fornecedores de qualidade, saber como engajar pessoas nas organizações deve ser uma das prioridades no ambiente de negócios, justamente pelo quadro de colaboradores constituir a força motriz de um empreendimento.

Para tanto, não basta apenas realizar seleções criteriosas de funcionários se, no cotidiano empresarial, um clima pesado pairar pelo ambiente ou a atuação da equipe não for devidamente reconhecida.

Se você quer saber como engajar pessoas nas organizações e empresas, leia o nosso artigo e confira 5 dicas incríveis. Vamos lá!

O que significa o engajamento de pessoas?

O engajamento das pessoas em uma organização refere-se ao laço profissional estabelecido entre a empresa e o quadro de pessoal. Para uma melhor visualização, engajar os indivíduos no ambiente de negócios é sinônimo de compromisso, a partir do propósito que cada colaborador tem ao prestar seu serviço para determinada companhia.

Esse compromisso pode ser racional ou emocional: o primeiro diz respeito a motivos mais objetivos sobre a atuação de determinado profissional na empresa, como o recebimento de salário para pagar suas contas. Já o compromisso emocional envolve um significado pessoal ao colaborador, em que ele absorve a missão e os valores do estabelecimento em sua atuação.

Para que ocorra um engajamento bastante forte, é necessário que os colaboradores unam os compromissos racional e emocional durante a realização do trabalho, estabelecendo uma conexão sólida com a empresa.

Qual a importância desse engajamento para as empresas?

Para entender a sua importância, basta responder à pergunta: qual profissional alcança melhores resultados em âmbito empresarial? O colaborador motivado ou o funcionário que trabalha sem vontade? Pois bem, não há a necessidade de atuar na gestão de pessoas para saber que, obviamente, é o profissional motivado que faz a diferença.

Isso tem reflexo em diversos ramos na empresa, que começa na promoção de um clima muito mais amistoso e com baixo índice de turnover, passa pela busca por soluções mais criativas na hora de resolver contratempos e converge, ao final, para o aumento da produtividade do negócio e a melhora do relacionamento com o público para o qual são voltadas as suas ações.

Por isso, o engajamento do quadro do pessoal nas companhias é essencial para que seja realizado um melhor trabalho e ele precisa estar inserido na cultura organizacional do negócio para que seja devidamente absorvido por todos.

Quais são as 5 estratégias para engajar pessoas nas empresas?

Promover o engajamento das pessoas é um dos papéis atribuídos ao líder da empresa e não é uma tarefa fácil. Contudo, ela pode se tornar mais simples ao compreender que esse desafio envolve a busca por um ambiente mais produtivo e incentivador. A seguir, confira 5 dicas de como realizar esse engajamento:

1. Seja um líder e não um chefe

A diferença entre ser um líder e um chefe encontra-se na maneira de se relacionar com a equipe, ou seja, enquanto o chefe se coloca de forma superior ao quadro de funcionários, o líder estimula uma relação horizontal, baseada no respeito.

Assim, a atuação do líder promove uma maior integração entre os colaboradores, cria um ambiente amistoso e incentiva a criatividade deles. Esses, por sua vez, ao se sentirem seguros, passam a retribuir mais à empresa, executando suas atividades de forma mais eficiente.

2. Esteja aberto ao diálogo

Estar aberto ao diálogo é crucial para que ocorra um bom engajamento das pessoas nas organizações e empresas. Isso porque é apenas a partir da análise das queixas, sugestões e situações que se torna possível traçar novos planos ou alterar o caminho já definido para cumprir os objetivos do negócio.

Saber ouvir é uma virtude que poucos têm, mas que, por outro lado, é uma característica que pode ser desenvolvida. Para tanto, agende reuniões periódicas, estimule a sua equipe a se expressar e busque saber sobre as motivações de seus colaboradores: quando os funcionários passam a ser ouvidos, eles se sentem cativados a seguirem exercendo determinado trabalho.

3. Reconheça as boas atitudes

Na mesma esteira, identificar boas atitudes e saber reconhecê-las é palavra de ordem no vocabulário de um líder que precisa engajar a sua equipe. Desse modo, da mesma forma que não é aconselhável fazer vista grossa para uma situação negativa, os episódios positivos devem ser colocados em pauta.

É interessante, inclusive, estabelecer recompensas para posturas profissionais, tais como prêmios em dinheiro, por meio de dias de folga ou até mesmo mediante oferta de cursos profissionalizantes para os colaboradores que se destacarem.

Se não existe a possibilidade de efetuar uma premiação que envolva dinheiro, saber agradecer – de forma pública ou via e-mail, por exemplo – já é uma atitude bastante interessante ao gestor empresarial, já que um profissional reconhecido se torna um colaborador engajado.

4. Proponha desafios à equipe

Existem pessoas que gostam da estabilidade do emprego e não têm intenção em evoluírem profissionalmente. No entanto, há colaboradores que precisam resolver questões um pouco mais complexas para que sua atuação ocorra de forma motivada.

Por isso, é importante oferecer desafios à equipe, como forma de incentivá-la, reconhecer o bom trabalho prestado e, de quebra, conseguir identificar talentos na empresa.

Vale, por exemplo, repassar uma situação real da gestão do negócio aos colaboradores e solicitar uma solução criativa ou, ainda, solicitar a resolução de um contratempo fictício para buscar os funcionários com melhores aptidões no ramo. A maioria das pessoas que gosta de desafios tem enorme potencial e, se engajada, produz resultados incríveis.

5. Seja um exemplo de profissional

Por fim, a máxima “faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço” não cabe nesse momento. Como o líder está em posição de destaque e cabe a ele promover o engajamento de pessoas nas empresas, suas ações sempre estarão sob análise.

Isso significa que, sendo o líder, saiba que você será observado e, por isso, deve manter boas atitudes profissionais. Mais do qualquer meio de ação, atuar de forma engajada e passar isso aos colaboradores se torna uma excelente propaganda. Portanto, seja um profissional motivado e atualizado, mantenha uma postura de qualidade e saiba que isso repercutirá na empresa.

Como vimos, entender sobre a motivação empresarial e saber como engajar pessoas nas organizações e companhias é essencial para estimular um bom trabalho, com o fim de se alcançar apenas resultados positivos para a companhia. Utilize as dicas apresentadas no nosso artigo e sinta a diferença no ambiente de sua empresa!

Gostou das informações apresentadas? Siga-nos nas redes sociais e saiba mais sobre o mundo de negócios! Estamos no FacebookLinkedInYouTube e também no Twitter.

2 Comments

  1. Um dos programas que eu mais gosto na Brasal é o “Sinta-se em Casa”. Este programa tem como objetivo uma aproximação dos diretores da empresa com os novos colaboradores que foram recém admitidos. É o momento mais oportuno para falarmos sobre a Cultura de Realização Brasal, as expectativas da organização, conhecer também a expectativa de cada um e outros assuntos que ajudam no engajamento e desenvolvimento pessoal e profissional. Depois desse bate papo tudo fica mais fácil na gestão do dia-a-dia.

Escreva um comentário

Share This