Gerir uma organização é – em primeira e última instância – gerir pessoas. Afinal, são as pessoas que executarão todas as demais atividades da empresa.

O grande problema é quando essas pessoas não estão preparadas para executar as atividades do cargo que ocupam. Chamamos isso de GAPs de competência. Esse déficit de habilidades pode comprometer o clima organizacional e a produtividade da empresa.

Para que sua empresa não corra esse risco, preparamos um artigo completo com os melhores métodos para você identificar os GAPs de competência da sua organização e desenvolver seu time de profissionais para que eles atinjam um bom resultado dentro de suas funções. Então, leia atentamente, faça anotações e implemente na gestão da sua empresa!

O que são GAPs de competência?

Como introduzimos no início deste artigo, um GAP organizacional ocorre quando um colaborador não tem os conhecimentos, habilidades ou características comportamentais adequados para desenvolver as atribuições de sua função.

Esse problema pode ser resultado de diferentes fatores, mas, via de regra, decorre de um processo de contratação ineficiente, quando a empresa não compreende as necessidades do cargo ou simplesmente recruta um profissional abaixo das exigências da função.

O mesmo GAP pode ocorrer em processos de mudança de cargo ou transformação do processo de trabalho padrão. Por exemplo, quando a empresa adota uma nova tecnologia que os funcionários não estão preparados para operar.

O exemplo clássico é quando um colaborador de nível operacional atinge uma posição de gerência. Nesse caso, mesmo tendo habilidades técnicas inegáveis, ele não dispõe de capacidades para gerenciar a equipe e acaba tendo um desempenho inferior ao esperado no novo cargo.

Como identificar os GAPs de competência na sua empresa?

Para eliminar os GAPs de competência da sua empresa, primeiro você precisa identificar em quais departamentos e funções os funcionários não estão preparados para desempenhar aquilo que é esperado deles.

Para isso, é essencial que sua empresa invista nas avaliações de desempenho e na entrevista com gerentes e supervisores, bem como ofereça questionários para os funcionários. Muitos deles poderão se apresentar insatisfeitos por perceberem que não estão preparados para assumir as funções do seu cotidiano profissional.

Analise, também, as entrevistas de desligamento. Elas revelam o motivo dos profissionais não estarem preparados para o cargo que ocupavam.

Como resolver os GAPs de competência da empresa?

Inicialmente, é necessário estar ciente dos cargos em que há maior discrepância entre as habilidades do colaborador e as habilidades exigidas. Existe uma série de ações recomendadas com intuito de reduzir os GAPs. Confira!

Mapeamento de cargos e atribuições

Antes de tudo, os profissionais de RH precisam identificar e descrever as necessidades de cada posição existente na sua empresa. Assim, é possível eliminar o surgimento de novos GAPs nesses mesmos cargos e prevenir em outros.

Revisão dos processos de recrutamento e seleção

Em seguida, é preciso revisar a forma como a empresa anuncia as vagas externas e internas, bem como os procedimentos para avaliar se o profissional tem as características comportamentais e habilidades técnicas para executar as funções do cargo que ocupará.

Fomento do feedback organizacional

Os líderes precisam reunir-se periodicamente com os subordinados e apresentar a eles os pontos que precisam desenvolver para aprimorar seu desempenho e ascender na carreira dentro da organização.

Nesse momento, é indispensável que o líder esteja aberto a ouvir tudo o que o colaborador tem a dizer para identificar pontos da liderança e da empresa que o impedem de entregar seu máximo para a organização.

Criação e acompanhamento de um plano de ação individual

Após essa reunião com o líder, o colaborador deve desenvolver um plano para evoluir dentro dos pontos mencionados.

O gestor, por sua vez, deve acompanhar a execução dos planos, proporcionar os recursos e remover as barreiras para que o colaborador possa se desenvolver.

Investimento em programas de treinamento

A empresa deve organizar treinamentos in company para eliminar os GAPs mais recorrentes, como no caso da adição de uma nova tecnologia ou procedimentos nos quais todos os colaboradores precisam se adaptar.

Em casos individuais, é possível ainda disponibilizar um budget para que o funcionário faça cursos e treinamentos – importantes para a execução das suas atividades – fora da empresa.

Muitas organizações apostam também em programas de coach interno. Nesse sistema, alguns dos colaboradores podem contar com o apoio de um mentor que traçará um caminho para que ele desenvolva as competências de que carece e assim gere mais valor para a empresa.

Desligamento de profissionais inaptos para o cargo atual

Em último caso, quando a distância entre aquilo que a empresa necessita e o que o funcionário é capaz de entregar é muito grande, o gestor tem duas alternativas: realocar o profissional em outra função ou desligá-lo da empresa.

Apesar de ser doloroso para qualquer departamento perder um colaborador, é um processo necessário para garantir o rendimento e a sobrevivência da empresa.

Quais são as vantagens de resolver os GAPs de competência?

Ao eliminar os GAPs, você verá um aumento na produção dos times em que havia a incompetência. Afinal, todos estarão mais preparados para executar aquilo que foram contratados para fazer.

Além disso, os funcionários competentes e capazes de realizar seu trabalho tendem a permanecer por mais tempo na empresa. Dessa maneira, você reduzirá os custos com recrutamento e o impacto das saídas e substituições de colaboradores.

Como sua empresa conta com um time produtivo e que dá resultados, os profissionais se sentem seguros em permanecer ali – afinal, eles sabem que estão dando conta de produzir as demandas vindas da gerência. Tudo isso melhora a reputação da organização, o que facilita a captação de novos talentos para compor o time.

Mesmo após eliminar os GAPs de competência, os problemas continuarão surgindo. Porém, as pessoas estarão mais preparadas para lidar com eles e, assim, manter a empresa operando em uma crescente na busca por concretizar os objetivos.

Preparado para trabalhar os GAPs de competência da sua empresa? Acompanhe a FNQ no Facebook, LinkedIn, Twitter e YouTube e tenha sempre acesso aos melhores artigos e vídeos para colocar sua empresa no rumo da melhoria contínua.

Escreva um comentário

Share This