É comum que muitos empreendedores acumulem problemas ao gerirem suas empresas. Isso acontece por causa de processos efetuados de maneira equivocada, causando inúmeros transtornos e prejuízos. Sem um diagnóstico de gestão empresarial eficiente, o empresário, não conseguindo identificar os pontos positivos e os negativos, tende a cometer mais erros.

A metodologia permite identificar dificuldades nos processos internos da empresa e traçar caminhos a serem seguidos para melhores resultados. Esse planejamento estratégico oferece ao gestor dados para que tome decisões precisas e assertivas com informações que são importantes para efetuar a análise de desempenho da empresa em vários aspectos.

Quer entender a importância do diagnóstico de gestão empresarial? Continue a leitura deste artigo e veja quais são os principais passos para conseguir ter esse panorama que ajudará a nortear as decisões e solucionar os problemas. Confira a seguir!

O que é o diagnóstico de gestão empresarial?

Trata-se de uma metodologia de avaliação de empresas para detectar onde os processos podem ser aprimorados e os erros cometidos dentro da organização. O diagnóstico de gestão empresarial oferece uma análise profunda das principais áreas de gestão de um negócio. Para que seja eficaz, ele precisa ser realizado de maneira imparcial. Somente assim, os resultados são conclusivos e podem mostrar o real cenário empresarial.

Esse diagnóstico gera um relatório que contém os pontos fracos, as ameaças ao negócio e as oportunidades potenciais e classifica os problemas de acordo com a gravidade e o nível de urgência para que sejam solucionados. Com esse entendimento aprofundado, os líderes têm a possibilidade de atuar em prol de soluções direcionadas, evitando esforços desnecessários, perda de tempo e dinheiro.

Por que é importante fazer esse diagnóstico?

Os cenários estão mudando rapidamente e é importante que a empresa esteja atenta e disposta a manter constantemente uma postura proativa em relação a isso. O empresário precisa ter ciência de todas as mudanças que impactam seu setor e buscar transformar-se frequentemente para acompanhar as tendências.

Por isso, é fundamental que o diagnóstico de gestão empresarial seja parte da rotina em um processo contínuo. Desse modo, a capacidade de transformação da empresa pode ser medida e aferida constantemente, sendo essa análise o ponto de partida para a transformação organizacional.

Os benefícios do diagnóstico de gestão empresarial permitem ao empresário entender as áreas que são mais importantes para o seu negócio e, com isso, torná-lo capaz de criar planos de ação e estratégias. O gestor também ganha material para fazer um comparativo de desempenho e pode entender a necessidade de atenção em determinados setores.

Como fazer o diagnóstico de gestão empresarial?

O diagnóstico eficiente precisa englobar todos os setores da empresa e identificar o processo empresarial, enxergando as peculiaridades. Diante disso, é preciso elencar as diferentes dificuldades enfrentadas, a gravidade da situação e o nível de urgência para solução.

Esse trabalho de avaliação funciona melhor com o apoio de uma empresa especializada. Isso porque é necessário que seja feito de forma imparcial e com um olhar analítico. Existem formatos de consultoria que fazem a análise com o auxílio de especialistas para avaliar a situação empresarial e fazer as considerações.

Existe outro formato, chamado de autoavaliação assistida, que capacita a organização em uma plataforma de gestão, para que todos os funcionários entendam exatamente quais são as dimensões, amplitudes e os atributos a serem medidos.

O grande diferencial é que o conhecimento fica na empresa, e, a partir daí, é feito um diagnóstico de forma conjunta. Os profissionais externos atuam em conjunto com os gestores e funcionários e o diagnóstico é realizado de maneira coletiva.

Isso faz com que as ações sejam definidas mais facilmente, já que há envolvimento direto de pessoas que vivem a realidade da empresa. Isso também permite que o relatório final seja mais completo e as soluções mais plausíveis de serem implementadas.

Como a FNQ pode ajudar nesse diagnóstico?

A FNQ atua promovendo a autoavaliação assistida, ajudando organizações a compreenderem as necessidades de mudança. Dessa maneira, a empresa se capacita e pode contar com o apoio da FNQ outras vezes. Todavia, o processo é absorvido e permite que seja feito um diagnóstico contínuo, pois a metodologia fica internalizada na organização.

O trabalho executado pela FNQ ainda permite unificar a comunicação empresarial para que todos possam entender mensagens, metas e objetivos institucionais. A capacitação modifica toda a estrutura de funcionamento corporativo, promovendo mudanças positivas para todos.

Dependendo do tamanho da empresa, a FNQ pode levar até 120 dias na condução da autoavaliação assistida. Isso é necessário porque há um envolvimento muito grande com todos os processos empresariais, ao mesmo tempo que há a preocupação de envolver os executivos sem que isso tome muito o tempo dos profissionais. Além disso, a proposta é de atuação sem atrapalhar as operações.

Quais são os benefícios de contar com a FNQ?

Muitas vezes, a empresa tem práticas formalizadas, mas não as usa. No processo diagnóstico, os gestores descobrem muita coisa que faz parte do conhecimento, mas está adormecida por inúmeras razões.

A FNQ ainda elabora um coeficiente para mensurar se a governança da empresa está entendendo aos desafios, além de averiguar se é aberta para promover as mudanças que a organização precisa. No final, o processo de diagnóstico tem uma escala que mede o grau de maturidade da gestão da organização.

O coeficiente serve para mostrar que a organização está apta e atenta às mudanças que o cenário está impondo. O método mensura, inclusive, os conselhos de administração, porque o que acontece muito é que as pessoas que atuam nessa área tiveram resultados positivos com outros cenários, mas precisam adaptar-se à atualidade e buscar inovação.

Essa régua de coeficientes promove melhorias nas empresas, uma vez que, para atingir uma classe mundial em autoavaliação, pode ser necessário que a organização passe pelo processo algumas vezes. Com isso, ela vai recebendo certificados de acordo com a pontuação obtida e a equipe se motiva para atingir outros patamares.

Entre tantas vantagens, o diagnóstico de gestão empresarial promove um efeito comportamental muito positivo e contagiante que reflete em todos os setores da organização. Por isso, cada vez mais empresas de sucesso buscam o método para aprimorar sua atuação.

Quer levar o diagnóstico de gestão empresarial da FNQ para a sua organização? Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar a fazer a análise e fornecer soluções para a sua realidade empresarial.

Colaboração de Jairo Martins

Escreva um comentário

Share This