Os dados ligados às mulheres na gestão no Brasil e no mundo não são, em uma análise inicial, muito animadores. Não por questão de competência, longe disso. É que apesar da ascensão da presença feminina no mercado de trabalho, os cargos de liderança ainda são predominantemente ocupados por homens.

A diversidade nas funções de alta gestão é um elemento fundamental para um ambiente de trabalho saudável e inovador. Porém, dados estatísticos comprovam que as mulheres ocupam menos espaço em tais posições.

Mas por que isso ocorre? Ao contrário do que se pode imaginar, a cultura e a discriminação não são os únicos fatores que contribuem para tal realidade. Há inúmeras variáveis que fazem parte desse cenário e as quais devem ser avaliadas criteriosamente.

Neste artigo, vamos falar sobre a presença feminina nos cargos de liderança e sobre a importância das mulheres na gestão. Em seguida, listaremos algumas das principais dificuldades enfrentadas para alcançar um alto cargo dentro da empresa. Boa leitura!

Qual o atual cenário das mulheres na gestão?

A participação das mulheres nos cargos de gerência e diretoria avançou, mas permanece mais baixa quando comparada à ala masculina. Entenda os dados e por que isso ocorre.

Aumento da ocupação em cargos gerenciais no Brasil

De acordo com um levantamento realizado pela Folha, na Rais (Relação Anual de Informações Sociais), o número de mulheres nos cargos de gerência aumentou de 32,3% para 39,2% entre os anos de 2003 e 2017. Os dados para os cargos de diretoria são ainda melhores: em 2003, as mulheres representavam 31,9%; já em 2017, esse número subiu para 42,4%.

Busca por setores diferentes

Um dos motivos que colabora para uma menor representação de mulheres na liderança é a busca pelos setores de atuação. No mercado de TI, um dos setores mais bem-remunerados, por exemplo, há uma representação de somente 12%, de acordo com um estudo feito pela Michael Page. No entanto, dados da Sociedade Brasileira de Computação constatam que somente 15% das matrículas realizadas em cursos de Ciências da Computação são de mulheres.

Trajetórias profissionais diferentes

Outro fenômeno que contribui para tais dados é a trajetória profissional das mulheres. A economista Claudia Goldin, da Universidade de Harvard, concluiu que, apesar das mulheres terem o mesmo estudo que os homens, elas iniciam a carreira mais tarde e buscam por cargos com maior flexibilidade. Além disso, as mulheres tendem a procurar atividades com menor remuneração.

Os dados listados acima evidenciam que, apesar de ter menor representação nos cargos de liderança, as mulheres têm espaço para conquistar uma posição de gerência ou diretoria. E isso viabiliza um impacto social muito positivo. Entenda no próximo tópico!

Qual a importância de aumentar a participação das mulheres em cargos de gestão?

A presença de mulheres na gestão é de extrema importância não apenas para as empresas, mas para a sociedade como um todo. Abaixo, listamos três motivos pelos quais é preciso aumentar a participação feminina nos cargos de gerência e diretoria. Entenda!

Reduz índices de violência doméstica contra mulheres

Muitas mulheres vítimas de violência doméstica não denunciam seus abusadores e permanecem em lares hostis porque são financeiramente dependentes dos seus parceiros. Uma estimativa realizada nos Estados Unidos mostrou que o abuso financeiro está presente em 98% dos casos de violência doméstica.

A maior presença feminina na gestão incentiva as mulheres a buscarem “seu lugar ao sol” no mercado e, também, a independência financeira. .

Incentiva o empoderamento feminino

As mulheres na gestão são uma verdadeira prova de empoderamento feminino e isso serve de inspiração para outras pessoas. A presença feminina em cargos de gerência e diretoria, especialmente nas posições onde predominam os homens, reforça que a igualdade é uma questão cultural e não, de competência.

Aumenta o número de mentoras femininas nas empresas

A presença feminina em cargos de liderança também provoca um efeito positivo dentro das empresas, beneficiando especialmente as futuras gerações. Profissionais em início de carreira podem recorrer a figuras femininas para buscar mentoria. Além de promover uma imagem positiva da mulher nos negócios, isso também estimula outras mulheres a seguirem os mesmos passos.

Que desafios as mulheres precisam enfrentar?

Mesmo com o aumento da presença de mulheres na gestão, ainda há um longo caminho para percorrer. Entenda quais são os principais desafios que as mulheres enfrentam no trabalho para alcançar posições de liderança.

Mudança de mindset

Um dos fatores que desestimula as mulheres a persistirem na busca de uma carreira promissora é o próprio mindset de que há setores mais adequados para a ala masculina. De acordo com Mariel Reyes, cofundadora e CEO do curso {reprograma}, muitas mulheres desistem da graduação na área de TI por se tratar de uma capacitação voltada predominantemente para a ala masculina. É importante que a mulher entenda que ela é tão capaz quanto o homem em qualquer área de atuação, inclusive, TI.

Conciliação de atividades

Um dos principais desafios que as mulheres enfrentam durante suas carreiras é conciliar o trabalho com a maternidade. Por isso, é importante que existam políticas e alternativas dentro das empresas que permitam a conciliação de atividades e incentivem as mulheres a continuarem evoluindo nas suas carreiras.

Barreiras culturais

Apesar dos avanços que a mulher conquistou no mercado de trabalho, é inegável que ainda existe muito preconceito, especialmente em áreas predominantemente masculinas. Essa é uma barreira cultural muito forte a ser vencida.

Além disso, é fundamental conscientizar a população da importância de fazer denúncias de assédio moral e sexual dentro das empresas, de modo a desestimular más condutas.

O aumento das mulheres na gestão é um sinal positivo de progresso. No entanto, ainda há muitos desafios a serem vencidos para se obter total igualdade entre os gêneros. Por isso, a presença feminina em cargos de gerência e diretoria é fundamental para estimular outras mulheres a também conquistarem o seu espaço e combater o preconceito no mercado de trabalho.

E então, nosso artigo foi interessante para você? Então, continue sua leitura e entenda os impactos da profissionalização na gestão da sua empresa!

dia-do-cliente-lean-fnq

Escreva um comentário

Share This