A gestão de conhecimento é de suma importância dentro das organizações. O conceito envolve a criação, o uso, o compartilhamento e o gerenciamento das informações úteis de uma empresa para que ela possa se desenvolver cada vez mais.

Os ganhos com a gestão de conhecimento são grandes. Como benefícios, podemos citar o fortalecimento do capital intelectual, as vantagens competitivas que são adquiridas, um ambiente mais instigante, profissionais mais satisfeitos, entre outros.

Para que tudo isso se transforme em realidade dentro da empresa, é necessário estar atento à forma como esse tipo de gestão deve ser aplicada. Neste artigo, vamos dar dicas para que você possa adotar as medidas mais eficientes em seu negócio. Continue a leitura para saber mais!

Criar canais de comunicação

Quando falamos em conhecimento, a troca de ideias entre as pessoas é essencial. Isso faz com que umas aprendam com as outras. Além disso, no ambiente corporativo, esse tipo de interação faz com que o profissional entenda ainda mais a sua importância e como ele pode colaborar com o crescimento da empresa e dos colegas, além de fortalecer o trabalho em equipe.

Para que tudo isso ocorra de maneira eficiente, no entanto, é necessário que o gestor dê um “empurrãozinho”. E é justamente aí que entra a relevância de criar canais de comunicação verdadeiramente eficientes, capazes de integrar os colaboradores.

Uma boa dica nesse sentido é investir em fóruns de discussão na intranet, por exemplo. Por lá, as pessoas podem debater ideias, entrar em contato com colegas dos mais diferentes setores para troca de opiniões e aprendizados, assim como outras possibilidades bastante significativas.

Compartilhar as informações na empresa

Uma das coisas mais importantes que um profissional pode ter é boa informação. Isso não quer dizer, no entanto, que ele deva guardá-la para si. Uma pessoa que sabe gerir não pode e não deve ter medo de compartilhar aquilo que sabe, nem reter com ela as informações que são pertinentes para o crescimento de toda a equipe.

Com base nisso, compartilhe tudo o que for relevante para o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores e da própria companhia. Mantenha-se sempre informado de todas as transformações que ocorrem pelo mundo e incentive os funcionários a seguirem o mesmo caminho.

Essa ação, além de estimular a criatividade, também faz com que a empresa esteja preparada para os mais diferentes tipos de desafios que possam surgir de uma hora para outra. Em um cenário em que as mudanças mercadológicas são cada vez mais rápidas, essa atitude pode ser de grande valia.

Por outro lado, informações que pouco ou nada agregam devem ser dispensadas, de modo que as pessoas possam focar naquilo que verdadeiramente interessa. É fundamental analisar a qualidade de tudo que será compartilhado.

Realizar o mapeamento de conhecimento

Falar em gestão de conhecimento é, também, destacar a importância de se ter criatividade e liberdade para trocar opiniões, propor ideias e ajudar a encontrar soluções para as demandas do dia a dia da empresa. Porém, por mais que exista todo esse dinamismo, é importante que o mapeamento do conhecimento seja realizado para que bons resultados sejam obtidos.

Sendo assim, é possível fazer reuniões diárias e breves para que o conhecimento que está sendo compartilhado e desenvolvido seja agrupado. Analise tudo o que é debatido e de que forma as informações podem ser úteis para a organização em curto, médio e longo prazos.

Ao realizar o mapeamento, não se esqueça de que é importante que o gestor faça ponderações acerca do que está sendo construído e dê dicas relevantes nesse cenário. Mensagens motivacionais também podem ser muito bem-vindas.

Esse mapeamento também será útil quando for necessário tomar decisões. Por meio dele, o gestor terá acesso muito mais facilitado a todo o conhecimento que está sendo adquirido, em quais áreas e à sua aplicabilidade prática.

Registrar tudo o que foi aprendido

Mapear o conhecimento é essencial, mas não se deve parar por aí. Depois disso, é preciso dar um passo a mais: registrar tudo o que foi aprendido. Isso é muito importante para que informações relevantes não se percam e possam ser utilizadas sempre que necessário.

Para isso, utilize atas e relatórios. Lembre-se, ainda, que não somente as experiências positivas devem ser anotadas, mas também as negativas. Por meio delas, será possível corrigir rotas e pensar em ações mais acertadas para o empreendimento.

Em todas as vezes que for preciso tomar decisões que vão impactar o negócio, esses registros devem ser verificados. Assim, muitos erros serão evitados e ações positivas poderão ser replicadas e aperfeiçoadas.

Fazer pesquisas de satisfação

Você está gostando dos retornos oriundos da gestão de conhecimento aplicada na organização? Será que os colaboradores pensam o mesmo? Quando um projeto desse porte é implementado, é importante que não somente os resultados sejam medidos, mas também que os funcionários possam expressar o que eles sentem em relação às ações.

Na pesquisa de satisfação, você pode perguntar, por exemplo, se as pessoas que trabalham na empresa realmente sentem que estão colaborando positivamente com o futuro do negócio. Além disso, pode levantar questões que estimulem os colaboradores a dizer se as equipes estão verdadeiramente integradas ou se apenas alguns participam e se sentem acolhidos.

Verifique também se os funcionários acreditam que estão conseguindo cultivar o aprendizado e se estão se desenvolvendo bem nesse sentido.

Com base nas respostas que forem dadas, será possível intensificar aquilo que está dando certo e pensar em novos caminhos para o que não foi classificado como positivo. É preciso estar atento, também, ao fato de que as coisas podem mudar rapidamente.

Diante disso, a pesquisa de satisfação não deve ser realizada só uma vez. Monte um cronograma e as encaixe conforme as possibilidades e necessidades da organização.

A gestão de conhecimento pode levar a empresa a ter ótimos resultados. Além de aplicar as dicas mencionadas neste artigo, também é importante que os líderes mantenham as equipes engajadas em favor de uma cultura focada no compartilhamento de informações e ideais.

Agora que você sabe mais sobre a gestão de conhecimento, aproveite para assinar a nossa newsletter para receber em seu e-mail diversas informações que contribuirão para o desenvolvimento do seu negócio!

Escreva um comentário

Share This